Segundo certos especialistas, a posição da Igreja em matéria de contracepção e de demografia vai engendrar consequências dramáticas, principalmente fomes.

Segundo a própria FAO e o FNUAP, dos quais é conhecida a acção para o controle demográfico, há actualmente comida mais do que suficiente para alimentar o planeta. O problema essencial não é nem de ordem demográfica, nem de ordem agronómica; é de natureza moral, política e organizacional.

Isto não impede certos demografias ou agrónomos alarmistas de preconizarem a "licença de procriar", como existe na China. Quando se faz notar que esta ideia foi já proposta por Hitler no Mein Kampf, há pessoas que ficam furiosas. É no entanto a verdade e seria bom que daí tirassem conclusões…

blint.gif (141 octets) Página seguinte.

blint.gif (141 octets) Voltar na página "A Igreja e a demografia".

blint.gif (141 octets) Voltar na página "Índice geral".