Os actores: médicos e magistrados

A prática do aborto não irá modificar a imagem da medicina? Poder-se-á encarar um desdobramento de personalidade nos médicos? Não será de temer uma ingerência da moral no domínio científico?
Como pode o médico ser levado a subordinar os interesses dos indivíduos aos da sociedade? A prática do aborto não irá modificar a imagem da magistratura? Como poderá repercutir-se na sociedade política a atitude do juiz que se abstém de processar?
A legislação liberalizadora do aborto poderá ameaçar a separação de poderes e consequentemente a qualidade democrática da sociedade?    

ss26.gif (2850 octets)

To download the text, click here: Os actores: médicos e magistrados (pdf file).