Pode reprovar-se que o legislador defina as condições necessárias para que o aborto seja autorizado?

Liberalizar o aborto é sempre, em si mesmo, regulamentar o acto de matar. Para realizar a tarefa que se propôs, o legislador tem de estudar as modalidades deste cerimonial fúnebre. Mas a definição destas modalidades não conseguirá esconder a decisão anterior de proceder à execução de um ser inocente.

Seria, portanto, absurdo imaginar que a regulamentação do aborto legitima o aborto, como que por efeito de uma retracção.

blint.gif (141 octets) Página seguinte.

blint.gif (141 octets) Voltar na página "A legislação".

blint.gif (141 octets) Voltar na página "Índice geral".