Haverá alguma relação entre esta política demográfica dos EUA e a mutação que se observa na natureza da ONU?

Verifica-se antes de mais que a maioria das recomendações que se encontram no Relatório 1991 do FNUAP apareciam já no documento redigido em 1974 sob a direcção de Henry Kissinger (http://www.population-security.org/28-APP2.html - http://www.africa2000.com/SNDX/nssm200all.html). Sabe-se também que a Agência norte-americana para o Desenvolvimento Internacional (USAID) ajudou organismos privados e públicos a realizar eficazmente programas de planeamento familiar.

Daí a pensar-se que o governo dos EUA possa utilizar estes diversos organismos para pôr em pratica o seu programa de contenção demográfica, vai um pequeno passo, que alguns já deram.1 Outros vão ainda mais longe: porque é que, perguntam-se, os EUA não utilizariam igualmente, com o mesmo fim, outros organismos – como por exemplo o Banco Mundial, o Fundo das Nações Unidas para a População, a Organização Mundial de Saúde, e a própria Organização das Nações Unidas – para levar por diante a sua política no âmbito demográfico?

_______________________________________________

  1. Ver, por exemplo, no Relatório Kissinger, as pp. 113ss., 150, 159, 164-166.

blint.gif (141 octets) Página seguinte.

blint.gif (141 octets) Voltar na página "As organizações internacionais".

blint.gif (141 octets) Voltar na página "Índice geral".