Como explicar que as democracias ocidentais sejam cúmplices dos EUA na restrição do crescimento demográfico do Terceiro Mundo?

As estatísticas publicadas pelas instituições especializadas da Organização das Nações Unidas revelam que as democracias ocidentais estão largamente de acordo com os Estados Unidos da América quanto a pôr de pé um programa mundial de contenção da natalidade no Terceiro Mundo.

Estas democracias tornam-se assim verdadeiras aliadas num projecto imperial do qual os EUA reservam para si o domínio ultimo.

Esta aliança objectiva explica-se sem dúvida em parte pelo facto de muitos dirigentes das democracias europeias ignorem, se não a existência, pelo menos o significado e a vastidão destas campanhas.

Mas esta aliança explica-se também pelo facto de os ricos do mundo inteiro – inclusive as burguesias do Terceiro Mundo – considerarem do seu interesse fazer uma frente comum para restringirem juntos a "ameaça" que aos seus alhos os pobres constituem para a sua segurança.1

Assim, os ricos consideram que a sua segurança é o fundamento do seu direito, e não recuam perante nenhum meio para proteger a cidadela de egoísmo na qual se muraram.

______________________________________________________

  1. V. Êxodo, 1, 8-21.

blint.gif (141 octets) Página seguinte.

blint.gif (141 octets) Voltar na página "As organizações internacionais".

blint.gif (141 octets) Voltar na página "Índice geral".