Significará isto que instituições especializadas da ONU, e talvez a própria ONU, estão implicadas em campanhas antinatalistas nos países pobres?

A grande preocupação que aparece actualmente nestas instituições internacionais é a organização de um mercado mundial. No mercado planetário com que alguns sonham, o homem não é simplesmente produtor e consumidor. O homem é produzido segundo critérios de utilidade, de interesse, de prazer, de capacidade para pagar.

Nas publicações recentes destas instituições especializadas, a Organização das Nações Unidas – com o Banco Mundial – dá uma atenção cada vez maior ao desenvolvimento deste mercado planetário.

É segundo as conveniências deste mercado que o homem é admitido ou não à existência e à transmissão da vida. Não é verdadeiramente homem senão o indivíduo solvente, capaz de consumir e de produzir.

blint.gif (141 octets) Página seguinte.

blint.gif (141 octets) Voltar na página "As organizações internacionais".

blint.gif (141 octets) Voltar na página "Índice geral".