A recusa de qualquer risco precipita portanto, impiedosamente, numa espiral da pura eficácia?

Intolerável para os parceiros sexuais, o risco é-o igualmente para a sociedade. É por isso que, partindo da contracepção, a lógica da eficácia conduz ao aborto e depois à eugenia, para finalmente desembocar na eutanásia.

Uma ideia comum está subjacente a estas diferentes práticas: quando se acha que uma vida humana não corresponde a certas "normas de qualidade" e que não vale a pena ser vivida, esta vida – conclui-se – pode ser suprimida pelos meios mais eficazes ao dispor.

blint.gif (141 octets) Página seguinte.

blint.gif (141 octets) Voltar na página "Rumo ao ultranazismo?".

blint.gif (141 octets) Voltar na página "Índice geral".