A Alimentação

 

No que diz respeito ao regime alimentar, podem ser considerados como omnivoros se bem que mostram uma nítida preferência pelos vegetais superiores. Num aquario, vão devastar os "jardims" de plantas tenras tais como Cabomba, Myriophillum, Liliaopsis, ... Nonobstante, as plantas adultas de Microsorum Pteropus, Anubias e Echinodorus parecem não sofrer de sua voracidade. Especifico "plantas adultas"porque todas as folhas novas são suscetveis de passar pelo estômago ao menor signo de carência em outros alimentos.

 

Eles podem ser habituados à outros tipos de alimento se tomarmos o tempo de os condicionar para isso. Eu habituei os meus de maneira a preferirem as fatias de batata (CRUA!) - os meus jardins aquaticos estão intactos; no entanto,  uma  fatia de batata de 5 cm de espessura desaparece ao cabo de dois dias, para 4 exemplares adultos.

 

Para além dos vegetais superiores, todo o tipo de comida é susceptível de ser ingerido  ... a  carne, os peixes mortos, o  pão, ...

 

Finalmente quero acrescentar um pequeno detalhe dado que esses caracois são frequentemente considerados como omnivoros. E verdade que eles vão comer os cadáveres ou detritos alimentares ... mas eles produzem pelo menos tanto lixo quanto ingerem  ... O aquariofilo não pode de maneira alguma considerá-los como um substituto a Sacro-santa mudança de água semanal !!!

 

alimentando-se à superfície
Grande plano sobre o radula. O caracol não hesita em vir buscar a comida à superfície. Eventualmente até larga o seu suporte para flutuar e melhor chegar à comida

 

Regresso à Anterior