Lagostins

Pose ameaçadora, cuidado com os dedos.

Belo specimen não ?

Porque escrever sobre lagostins num site dedicado aos caracois ??.  Passei umas férias em Lisboa, Portugal.  Reparei um pequeno lago no qual - grande surpresa - se encontravam lagostins.  Não resisti à tentação de capturar alguns.  Quando oltei a casa, coloquei os lagostins num aquário "específico" (sem peixes).  Como já os vira capturar e dilacerar alguns tilapias de bom tamanho, considerei que era excluido fazerem a mesma coisa com os meus peixes.  Mas deixei alguns caracois no aquário, só para ver o que acontecia ...

Logo a seguir da captura, veja como a pele do peixe-banjo foi cuidadosamente  removida !  Toda a pele foi literalmente puxada para a cauda. Se bem que a ampulária não seja incomodada pelo lagostim, o peixe-banjo rápidamente se transformará em esqueleto. Passadas três horas, um bonito esqueleto bem limpo ...

Se bem que comam peixe e toda espécie de carne, estes lagostins não incomodam os caracois.  têm uma utilidade certa para encontrar e consumir os caracois mortos, o que é bastante útil para o aquariófilo que tem sempre dificuldades em vigiar o estado de saúde de seus caracois.  Só sobra a concha, utilisável para a criação de peixes que vivem em conchas ou como decoração sobre uma estante.  Os peixes no entanto incorrem um perigo imediato na presença destes predadores, se tem a intenção de os introduzir num aquário comunitário ... comece a contar as perdas !

Outro elemento importante diz respeito à muda dos lagostins: a carapaça, ou a exuvia (a pele rejeitada) é constituida principalmente de quitina (como a carapaça dos insectos).  Como as ampularias - até mesmo nas melhores condições de manutenção - não encontram todos os elementos necessários ao seu crescimento, atiram-se à muda para devorá-la.  A quitina entra na composição de um dos seus "membros".  E possível que lhes seja necessário para sintetizar a conchiolina (hormona específica aos gastropodes que compõe o opérculo).  Afinal, a associação "Ampullariidae / lagostins"  (ou camarões) parece ser um compromisso excelente !  Para além disso, a muda está repleta de calcário, um elemento essencial para o desenvolvimento da concha.

Até ter uma identificação melhor, considero estes lagostins como sendo Procambarus clarkii, Família dos Cambaridae, o lagostim do Louisiana.

Dama lagostim protegendo seus ovos. grande plano dos ovos, têm um dia !

Regresso ao Sumário